Veneno antimonotonia - Vinicius de Moraes, Caetano Veloso, Francisco Alvim, Ferreira Gullar, Eucanaã Ferraz, Adriana Calcanhotto, Carlos Drummond de Andrade, Oswald de Andrade, Ana Cristina Cesar, Waly Salomão, MANOEL BANDEIRA, ARMANDO FILHO, ANTONIO LIMA e Mendes - Grupo Companhia das Letras
Frete grátis para todo o Brasil em compras a partir de R$ 99
0
Carrinho
Catálogo / Objetiva / VENENO ANTIMONOTONIA
#VENENOANTIMONOTONIA
Apresentação
Pela primeira vez um livro reúne os maiores nomes da poesia e da música brasileiras. Nunca, em nenhuma outra obra, já foram encontrados lado a lado Cazuza e João Cabral, Chico Buarque e Ferreira Gullar, Adriana Calcanhotto e Mario Quintana, Aldir Blanc e Manuel Bandeira, Caetano e Drummond. Poetas da literatura e da música, mestres da nossa educação sentimental, integram esta mesma antologia organizada ao longo do últimos dois anos pelo também poeta e professor de literatura brasileira Eucanaã Ferraz, em conjunto com Isa Pessôa, idealizadora do projeto e diretora-editorial da Objetiva. A garimpagem das obras se concentrou nessa busca que caracteriza os poetas, os músicos: a fuga do cotidiano, a vontade de cometer uma loucura, de tocar fogo nesse apartamento. Apostamos também que vale a pena oferecer biscoito fino para a massa, que é capaz de degustar poesia com o mesmo prazer com que ouve uma música. Ao colocar poemas e canções, lado ao lado, podemos ampliar o consumo do verso que sempre é mais restrito do que a música - comenta Isa. Nesta antologia, compara a editora, 'o poema vira recurso vital, remédio forte, espécie de substância capaz de aplacar o enfado, a melancolia, a falta de imaginação. Cada texto é um convite para a vida. João Cabral revela como às vezes a gente canta só para sentir-se existente. Um poema salva um afogado, sentencia Mario Quintana, o poeta gaúcho, um dos 19 autores do nosso volume.' Como nas antologias dos Cem Melhores Contos Brasileiros do Século, e dos Cem Melhores Poemas, a Veneno Antimonotonia também pretende ser livre de academicismos. A pesquisa dos versos foi orientada pela qualidade, pela capacidade do poema seduzir, emocionar e, sobretudo, consagrar-se como instrumento de sobrevivência. Em seu texto de introdução, o organizador Eucanaã Ferraz aprofunda esta idéia: 'Aí está um possível primeiro estranhamento para os que julgam imprescindível às antologias a orientação de um protocolo fundado em termos cronológicos, temáticos ou demonstrativo de uma corrente estético-literária. Menos cerimoniosa, nossa escolha recairá sobre um atributo subjetivo, sem dúvida, mas decisivo e mensurável: a capacidade de um texto em versos mostrar-se imediatamente como um golpe na monotonia.'
Ficha Técnica
Páginas: 232
Formato: 14.00 X 21.00 cm
Peso: 0.43 kg
Acabamento: Livro brochura
Lançamento: 16/09/2005
ISBN: 9788573027198
Selo: Objetiva
Autor
Comentários

Deixe seu comentário

Você deve estar logado para comentar
Faça seu login

Assine a newsletter da Companhia