Zahar

Blog da editora

Uma visita de Alice à Zahar

21 de Julho de 2015

Por Mariana Zahar*

Confesso. Sou uma aficionada por Alice. Desde criança coleciono edições, cartões e tudo mais que encontro sobre a personagem. Em 2001, já trabalhando na editora há uma década, me perguntava se haveria espaço para publicarmos uma bela edição de Alice. Até que tomei coragem para propor numa reunião de conselho editorial uma tradução da edição comentada por Martin Gardner. Claro que ouvi a resposta que muitos editores já escutaram: “Mas como assim? Nós não publicamos ficção…” Por conta do caráter das anotações e do material adicional feito por Martin Gardner, a Alice: edição comentada tinha ares de não ficção e consegui convencer a turma.

Mal sabíamos que essa edição viria a ser um grande sucesso! Mais do que isso: inauguraria uma nova fase de nossa longa trajetória no mercado editorial. Feita com muito esmero, a edição comentada de Alice foi publicada em 2001 e a tradução de Maria Luiza X. de A. Borges ganhou o Prêmio Jabuti!

Tomamos gosto pela publicação de clássicos e começamos a publicar aos poucos outras edições comentadas, como as obras completas de Sherlock HolmesContos de Fadas, já existentes em outros países. Até decidirmos desenvolver nossas edições comentadas exclusivas , convocando os fiéis escudeiros André Telles e Rodrigo Lacerda para traduzir e comentar O conde de Monte Cristo. Nesse momento nasceu uma nova parceria que pavimentou o caminho para a coleção que hoje chamamos Clássicos Zahar, com direção do próprio Rodrigo.


Voltando à Alice: com alguns clássicos em nosso catálogo, mas somente em edições comentadas, sentia falta de atingir um público mais amplo e jovem que, tínhamos certeza, apreciaria uma edição bem cuidada e bonita a um preço mais acessível. Em 2010 publicamos então Alice: edição bolso de luxo para testar o mercado. Nesse mesmo ano, Tim Burton lançava o filme que alavancaria a alicemania no mundo todo. O sucesso foi retumbante! A partir daí, ganhamos fôlego para investir na coleção Clássicos Zahar, que hoje já acumula 30 títulos em edições comentadas e 14 títulos na edição bolso de luxo.


 
Atual Alice: edição comentada e ilustrada, em formato 16cmx23cm e Alice: edição bolso de luxo

Alice foi o início dessa nova história que a editora vem construindo e, nos 150 anos de sua publicação, nada mais justo que brindar os leitores com uma edição comemorativa, que reúne em um único volume os textos integrais de Alice no País das Maravilhas e Através do espelho e o que Alice encontrou por lá. Além das belíssimas ilustrações-colagens de Adriana Peliano, que trazem para a história de Lewis Carroll uma visão contemporânea de uma artista brasileira que conhece como ninguém o universo de Alice.

 


*Mariana Zahar é diretora executiva da editora, filha de Cristina Zahar e neta de Jorge Zahar, fundador desta casa.

Categorias: Notícias