Zahar

Blog da editora

Entrevista com o consultor de vinhos Paulo Nicolay

02 de Fevereiro de 2016

É na França, mais especificamente na Borgonha, que está um dos vinhedos mais reverenciados do mundo, o Domaine de la Romanée-Conti, cujas uvas pinot noir dão forma ao mítico Romanée-Conti.  Em janeiro de 2010, Aubert de Villaine, proprietário e diretor da vinícula, recebeu um bilhete anônimo que ameaçava destruir os cinco séculos de tradição do mais perfeito terroir. E o que parecia apenas uma brincadeira de mau gosto tornou-se o centro de uma grande e sigilosa operação da polícia francesa a fim de evitar uma tragédia. Em A história do Romanée-Conti, o jornalista americano Maximillian Potter revela os bastidores dessa trama ousada e sem precedentes, num misto de suspense, thriller policial e narrativa histórica, que tem como pano de fundo a trajetória de um vinhedo lendário.

Confira a entrevista com Paulo Nicolay, especialista em vinhos e consultor do livro, sobre o vinho no Brasil, na França e como se iniciar nesse mundo:

1) O que você destacaria no livro de Maximillian Potter, A história do Romanée-Conti?

Destaco o contexto histórico do livro, mostrando a história do vinho na Borgonha desde os seus primórdios e a importância da igreja no seu desenvolvimento.

2) O Romanée-Conti é um vinho lendário por sua história. Mas em termos de paladar, no que ele se difere dos outros vinhos?

Se difere pela qualidade que atinge seus aromas e sabores e por mostrar a verdadeira tipicidade das uvas Pinot Noir e Chardonnay nessa região.

3) Que sugestões você daria para quem quer se iniciar no mundo dos vinhos?

Fazer um curso básico e, a partir daí, se livrar dos preconceitos e sair provando vinhos de todos os tipos.

4) O vinho é, na França, uma questão de identidade nacional. O que você acha que falta acontecer para a bebida ter mais prestígio no Brasil?

É preciso que o governo entenda que o vinho é um alimento e faz parte de uma boa dieta saudável. E, com isso, diminua a altíssima carga tributária que incide sobre os vinhos no Brasil, uma das maiores do mundo.

Categorias: Entrevistas